Posts da tag: Clientes

Valeu ano velho, feliz ano novo!


2014 foi um ano daqueles… Um ano conturbado de eleições, copa, discussões de diversos assuntos e muita polêmica no mundo virtual. Por tudo isso e outros fatores, tenho que admitir que foi um ano bem complicado, acredito que para muitas pessoas.

Mas também, foi um período de muito trabalho. Muito mesmo!!! E por isso, posso dizer que foi um grande ano, profissionalmente falando, para mim.

Tive a oportunidade de conhecer e interagir com muitas pessoas. Pessoas que confiaram momentos especiais ao meu olhar, à minha sensibilidade e à isso, agradeço imensamente.

Lindas crianças, jovens e adultos os quais tive a imensa felicidade de clicar e eternizar um instante, ao menos, de suas vidas.

Quero desejar à todas essas pessoas que estiveram comigo em 2014 um 2015 mágico. Maravilhoso. Repleto de novas experiências e momentos especiais.

E espero poder estar com vocês neste novo ciclo e nos próximos que virão!!!

Saibam que além de clientes, fiz grandes amigos durante todo 2014 e sou muito grata por isso.

Ano Novo Fotografia Clientes Amigos Agradecimento

E para nos insipirar a começar o novo ano de peito aberto e o coração cheio de esperança, nada como um belo poema do Drummond:

“RECEITA DE ANO NOVO

Para você ganhar belíssimo Ano Novo
cor do arco-íris, ou da cor da sua paz,
Ano Novo sem comparação com todo o tempo já vivido
(mal vivido talvez ou sem sentido)
para você ganhar um ano
não apenas pintado de novo, remendado às carreiras,
mas novo nas sementinhas do vir-a-ser;
novo
até no coração das coisas menos percebidas
(a começar pelo seu interior)
novo, espontâneo, que de tão perfeito nem se nota,
mas com ele se come, se passeia,
se ama, se compreende, se trabalha,
você não precisa beber champanhe ou qualquer outra birita,
não precisa expedir nem receber mensagens
(planta recebe mensagens?
passa telegramas?)

Não precisa
fazer lista de boas intenções
para arquivá-las na gaveta.
Não precisa chorar arrependido
pelas besteiras consumadas
nem parvamente acreditar
que por decreto de esperança
a partir de janeiro as coisas mudem
e seja tudo claridade, recompensa,
justiça entre os homens e as nações,
liberdade com cheiro e gosto de pão matinal,
direitos respeitados, começando
pelo direito augusto de viver.

Para ganhar um Ano Novo
que mereça este nome,
você, meu caro, tem de merecê-lo,
tem de fazê-lo novo, eu sei que não é fácil,
mas tente, experimente, consciente.
É dentro de você que o Ano Novo
cochila e espera desde sempre.”

ANDRADE, C. D. Receita de Ano Novo. Editora Record. 2008.

Um grande beijo e tudo de melhor em suas vidas!!!

VanessaSignature